Ideias para um alojamento sustentável

8 de março de 2024

Ideias para um alojamento sustentável

Em Icnea trabalhamos a sustentabilidade como um dos elementos chave para o desenvolvimento da nossa atividade. É por isso que, no último ano, adotamos novas iniciativas sustentáveis, como a colaboração com a Treedom e a migração para novos servidores ecológicos.

Com este compromisso, queremos ajudar os nossos clientes a adoptarem iniciativas sustentáveis ​​para os seus negócios e o sector do alojamento local, respeitando o ambiente por parte dos proprietários e gestores, mas também por parte dos hóspedes.

A aplicação de medidas sustentáveis ​​é benéfica não só para o ambiente, mas também para a poupança de custos nas propriedades e para a sustentabilidade das cidades, comunidades e negócios locais que os nossos hóspedes visitam.

Melhore a sua eficiência energética

Melhorar a eficiência energética das suas propriedades inclui uma ampla variedade de possibilidades, que vão desde opções tão simples como lâmpadas de baixo consumo até sistemas de paineis solares e sistemas de aquecimento geotérmico.
  • Eletrodomésticos e lâmpadas de baixo consumo: A substituição de fontes de luz tradicionais por alternativas de baixo consumo, como lâmpadas LED, é uma forma eficaz de reduzir o consumo de eletricidade no alojamento. Além disso, ao mobilar um alojamento de férias ou substituir eletrodomésticos antigos, é aconselhável optar por eletrodomésticos com certificação A, B e C, para garantir que estamos a adquirir eletrodomésticos de baixo consumo.
  • Termostatos inteligentes: São dispositivos responsáveis ​​por otimizar os sistemas de aquecimento e ar condicionado para regular a temperatura de acordo com as preferências definidas pelo hóspede ou proprietário. Além disso, estes termostatos podem ser controlados remotamente mesmo quando o hóspede não se encontra no alojamento.
  • Sensores de movimento: esses dispositivos permitem acender automaticamente as luzes quando for detectada atividade em uma sala ou espaço específico da propriedade e apagá-las posteriormente quando nenhuma atividade for detectada. A sua utilização evita que os hóspedes se esqueçam de apagar as luzes dos quartos ou mesmo saiam do imóvel deixando as luzes acesas, com o consumo elétrico excessivo que isso implicaria.
  • Janelas e portas isolantes: É importante que os alojamentos tenham portas e janelas isolantes para evitar vazamentos de aquecimento ou resfriamento, o que acarretará maior gasto de recursos para climatizar um espaço. Para janelas existem opções como vidros duplos ou fita adesiva que evitam essas perdas. Isto, somado a uma boa otimização dos sistemas de refrigeração e aquecimento, permite a climatização em menos tempo e com consumo reduzido de recursos.

Controlar o consumo de água

Como proprietário, tem à sua disposição diversas medidas para controlar o consumo de água na propriedade e evitar o uso excessivo deste recurso pelos hóspedes. É especialmente importante ter controle na casa de banho, onde o consumo de água pode ser maior, mas sem descuidar de outros pontos-chave como a limpeza da louça ou a manutenção do jardim caso precise de água para cuidar de áreas externas.
  • Dispositivos redutores de caudal: o uso de redutores de caudal em chuveiros e torneiras pode economizar até 40% no consumo de água. Em territórios com grande impacto devido à seca, a utilização destes dispositivos é especialmente importante, permitindo poupanças automáticas sempre que a água é utilizada para alguma necessidade. Além disso, esses dispositivos não afetam a pressão da água.
  • Uso correto da máquina de lavar louça: é importante educar os hóspedes no uso de eletrodomésticos como a máquina de lavar louça, recomendando sempre usar programas de lavagem Eco e esperar que a máquina esteja totalmente carregada antes de iniciar o uso. Se necessário, podemos deixar instruções junto à máquina de lavar loiça para que o hóspede se adapte à sua correta utilização durante a sua estadia.
  • Bolsas de água para cisternas: para economizar água na utilização da sanita, é aconselhável instalar uma bolsa de água na cisterna. Este dispositivo evita que a cisterna encha ao máximo na descarga da corrente, o que gera economia em cada utilização da mesma.
  • Detecção de fugas: a prevenção é tão importante como as medidas de poupança. Grande parte da água desperdiçada se deve a vazamentos não detectados que podem passar despercebidos por muito tempo, gerando resíduos indesejados. Para evitar essas complicações, existem medidas de detecção de vazamentos que ficam localizadas próximas a possíveis pontos de vazamento, como bases de chuveiro, vasos sanitários, torneiras, pias... Em caso de vazamento, o aparelho envia um aviso ao proprietário antes que o problema aumente , permitindo assim o contacto com técnicos de manutenção para resolução imediata.

Reciclagem no alojamento

Além do consumo de recursos, é importante estar atento ao descarte correto dos resíduos dos hóspedes. A reciclagem é o ponto básico para começar, no entanto, é importante saber que nem todos os países reciclam da mesma forma, por isso é importante ter nos alojamentos os contentores correspondentes para uma reciclagem correta e fornecer instruções para o fazer de maneira correta de acordo com os regulamentos locais. É aconselhável criar um espaço, preferencialmente na cozinha, para localização dos caixotes do lixo, bem como instruções para a eliminação de outros resíduos. Facilitar a tarefa de reciclagem e descarte correto de resíduos é essencial, considerando que a maioria das pessoas tende a negligenciar seus esforços de reciclagem quando estão de férias.

Fomente o uso de transporte público entre os hóspedes

Incentivar o uso do transporte público é uma forma de cuidar do meio ambiente e proporcionar aos hóspedes uma forma de conhecer a cidade. Ao informá-los sobre as opções que têm para chegar aos locais que pretendem visitar, melhoramos a experiência do hóspede e evitamos que percam tempo à procura de informações sobre as diferentes formas de chegar aos seus destinos. Além disso, muitas cidades contam com serviços como bicicletas elétricas ou motocicletas que podem ser oferecidas aos hóspedes para criarem os seus próprios roteiros turísticos, economizando no custo do aluguer de um veículo convencional. Também é possível oferecer serviços como autocarros turísticos e visitas guiadas para ampliar as opções dos hóspedes na visita à cidade.

Sustentabilidade comunitária e social

Cada destino oferece aos turistas uma experiência única e, como proprietários, é necessário saber despertar o interesse dos visitantes para que estes também tenham um impacto positivo na comunidade. Neste ponto é importante incorporar o comércio e atividades locais, seja com recomendações ou até presentes de boas-vindas.

Muitos viajantes querem aproveitar a viagem para ter a oportunidade de se aproximar da comunidade e adquirir e consumir produtos locais para ter uma visão mais próxima do local que estão visitando. Além disso, o turismo atual tem uma grande procura de atividades e experiências que permitem apoiar o comércio local e fazer com que o visitante se sinta mais um na comunidade. Para isso, em Icnea colaboramos com a Liiffe, uma plataforma que ajuda os proprietários a oferecer experiências locais juntamente com o seu alojamento, propostas e desenhadas pelas pessoas que aí vivem e que não se encontram nos guias convencionais.

Lembre-se de ter informações sobre negócios, produtos e experiências locais para garantir que a estadia dos seus hóspedes tenha um impacto positivo na comunidade. Os turistas podem ser uma peça fundamental para a preservação da cultura e dos costumes locais e os rendimentos obtidos auxiliam no desenvolvimento destas comunidades.


Quer saber mais informação?

Preencha o formulário e conheça nossos produtos e serviços.

Solicite uma demonstração
demo icnea pms