Vender experiências independentemente da estadia

8 de junho de 2021

Vender experiências independentemente da estadia

No PMS de Icnea temos um novo módulo sobre experiências, onde se podem registar todo o tipo de actividades e serviços. O principal objectivo é dar ao gestor de propriedades a possibilidade de diversificar mais a oferta aos clientes e vender mais do que simplesmente uma estadia num alojamento. Com as experiências podem-se oferecer aos clientes atividades durante a estadia que complementam a sua reserva, como por exemplo uma excursão ou uma entrada para um espectáculo.

Na ficha de cada atividade pode-se introduzir a informação referente às características e funcionamento, condições de uso, sessões disponíveis, extras opcionais que a contemplem e também se podem subir fotografias.

 
A gestão do calendário de uma atividade é simples. É basicamente constituída por tarifas, suplementos, sessões e capacidade por sessão. Por exemplo, na seguinte imagem aparece o calendário de um restaurante.

As datas marcadas em cinzento são as que têm preços e portanto, disponibilidade para venda. As datas em branco são as que não têm preços porque o restaurante fecha e não está disponível.

Por um lado, só há uma tarifa standard (por isso os adultos e as crianças pagariam o mesmo). Também há um suplemento de cadeira de bebé para escolher para os grupos que a necessitem. Por outro lado, oferecem-se duas sessões (manhã e tarde com os seus respectivos horários) e em cada uma delas podemos ver quantas pessoas podem reservar.


Existe a possibilidade de criar grupos de atividades, o que permite organizar as atividades por categorias. Alguns exemplos de grupos seriam: Gastronomia (onde podem estar todas as atividades relacionadas com degustação ou restaurantes); Família (atividades para crianças de diferentes idades e em grupo para desfrutar com toda a família); Cultura (como visitas a museus, exposições ou rotas históricas) entre muitas mais tipologias.

Também pode acontecer que algumas atividades as possa oferecer o próprio alojamento. Neste caso é um serviço interno e direto entre cliente-alojamento. Se houver uma atividade externa que não é oferecida pelo alojamento diretamente, mas por um fornecedor, o alojamento faz de intermediário e pode obter uma comissão.

Esta comissão deve estar na ficha do fornecedor, em cada um dos serviços acordados com este. Na imagem mostra-se um fornecedor com o qual acordamos que podemos oferecer três atividades: flyboard, globo e rafting. Cada uma tem uma comissão, pelo que por cada venda obteremos essa comissão e o fornecedor a parte restante.

Finalmente, mas não menos importante, todas as atividades e serviços se podem reservar desde a página web. Isto seria possível através de um motor de reservas que se instala na mesma página web dos alojamentos. Desta forma o cliente potencial que queira reservar algum dos apartamentos ou casas disponíveis verá que pode complementar a sua viagem com algumas atividades e que as pode reservar ao mesmo tempo.

Concluindo, podemos dizer que o módulo de experiências é uma potente ferramenta para captar uma maior atenção do cliente e aumentar as possibilidades de realizar uma reserva. Que o próprio alojamento proporcione atividades complementares à estadia enriquece o serviço do alojamento e, sobretudo, a experiência do cliente. Isto pode ter repercussões muito positivas já que ao aumentar a qualidade dos serviços oferecidos, a satisfação do cliente é muito maior e a imagem da empresa torna-se muito mais notável.Não se trata apenas de uma melhoria da qualidade, mas também da quantidade. Diversificar a nossa oferta de serviços pode ajudar a conseguir mais reservas completas e, por isso, multiplicar as receitas. 

Quer saber mais informação?

Registe-se e experimente gratuitamente durante 30 dias e comece a explorar o poder do PMS de Icnea.

Solicite uma demonstração
demo icnea pms